Sonhar, o desafio do novo gestor!

2015-07-19_21_35_15Hoje em dia é extremamente comum e se tornou um modismo até falar em coisas como:  sonho, usar o lado direito do cérebro, visão do futuro, criatividade, intuição, neurolingüística, etc. “E dai ? “, diria você, “num País como o Brasil isso não é surpresa nenhuma. Aqui você assiste ao Clero tradicional prestigiar cerimônias de religiões Afro com a maior tranqüilidade ou até pesssoas que freqüentam, sem conflito filosófico ou ético nenhum, vários tipo de Igrejas, Seitas, Gurus, etc…”.

Só Deus, realmente, para decifrar os caminhos que se usam para chegar até Ele!

É, eu sei tudo isso. Hoje em dia se você não está por dentro nem do seu signo, você estará completamente excluido dos mais elementares grupos informais. E caso você seja solteiro(a), pior ainda, seu futuro como ser sociável está seriamente compromentido. Amigo(a), ainda é tempo de enveredar por esses temas chamados “esotéricos” ou “espiritualistas”.

Contudo, voltando ao assunto, a surpresa vem do fato de que os temas acima estarem sendo usados por Empresários, Administradores, Empresas de Treinamento, Consultores e pasmém, tudo isto também nos EUA! Realmente, hoje já é usual no mundo da administração você falar em Intuição, Visão, Sonhos, etc. Prestando atenção, você verá que várias empresas estão usando o “Sonho” como tema de suas campanhas motivadoras, tanto internas com externas. São inúmeros os exemplos.

                Apesar da moda o assunto não é tão novo assim. Às vezes ele é chamado por outros nomes dependendo do autor. Eu, sinceramente, prefiro chamar de sonho mesmo. Isso resgata o meu passado de aluno desatento. Porque, quando o professor  me dava bronca por não prestar atenção à aula, e dizia que eu estava sonhando acordado, eu estava apenas me adiantando no tempo. Naqueles momentos sonhava com a minha colega do lado!

Brincadeiras à parte, vários autores já vêm se referindo ao tema há bastante tempo. Em 1935 Napoleon Hill, ao estudar os milionários da época, descobriu a importância do pensamento. Ele sistematizou a forma de sonhar e pensar com sucesso nos livros “Pense e Enriqueça” e “A Lei do Triunfo”. O Dr. David Schwartz em 59 editava o seu livro “A Mágica de Pensar Grande” onde também ressaltava o poder do indivíduo em criar o seu futuro através da força do pensamento. Conceito esse, desenvolvido mais recentemente no livro “A Mágica do Sucesso” editado em 1.989. Durante a 2 a Grande Guerra o Dr. Frankl Victor verificou que aqueles seus companheiros judeus que conseguiram sobreviver ao inferno do campo de concentração, tinham uma grande visão ardente de um futuro que desejavam encontrar após a guerra. Todos eles chegaram a conclusões bastante parecidas, se resumindo em que, quando você crê ou sonha ardentemente, a mente acha meios de realizá-lo. Ou como diz Goethe, “Você pode fazer qualquer coisa que sonhar, é só ter coragem para começar”. Podemos então dizer que a mágica do sucesso seria o poder de um sonho lícito. Começando por um sonho, o coração desejando ardentemente, passando pela mente ao acreditar que seja possível e terminando na ação dirigida, você terá comprovado o poder da “visão do desejo”, a ferramenta que lhe permitirá criar a vida que você gostaria de ter. Não precisamos mais recorrer ao Tarot, aos búzios ou à sortista mais recomendada do bairro para saber o futuro. É simples. Hoje vivemos o que pensamos/sonhamos ontem, amanhã estaremos vivendo do jeito que pensamos/sonhamos hoje. Contudo, apesar deste processo ser simples, ele requer bastante trabalho, disciplina e um método adequado. Para sonhar corretamente temos, com toda a certeza, de seguir os conselhos de quem já estudou exaustivamente o assunto e seguir os modelos já comprovados de sucesso.

                 Podemos analisar o tema também sob a ótica Bíblica, e olhem que eu não sou nada especialista no assunto. O quartel dos bombeiros do lado da Igreja onde tive minhas aulas de catecismo era um atrativo mais forte que o estudo religioso. Mas, apesar disso, duas questões sempre me levaram a refletir bastante ao longo dos anos. As questões são: “E no príncipio era o verbo” e a afirmação de que Deus criou o homem à Sua imagem e semelhança. Hoje creio pessoalmente que esse “Verbo” do princípio nada mais era que um Sonho Divino levado à ação. Sobre a segunda dúvida, a minha humilde opinião pessoal é de que a nossa semelhança com Deus se dá em três pontos: a capacidade de Sonhar/Pensar a única faculdade realmente livre que o ser humano possui, a capacidade de Realizar esse sonho e por último a que completa as outras duas, a capacidade de Amar. E a constatação da semelhança entre o ser humano e Deus, não se restringe apenas ao Velho Testamento, podemos encontrá-la também em muitas outras religiões ou civilizações.

                Para as organizações, as “palavras chave” de hoje são Qualidade, Comprometimento e Participação. Sem elas não haverá sobrevivência nos próximos anos. No lado individual é a qualidade de vida, é o comprometimento com a sociedade é a participação política que se busca. Mas, vamos nos deter a analisar estes conceitos. Eles têm muito a ver com o que estamos tratando aqui. Só se consegue qualidade com o comprometimento e a participação de todos. Acho que não há dúvida nenhuma em relação a isto. É elementar, que a qualidade dos produtos/serviços e a da organização como um todo se obtêm com a participação de cada um. E o comprometimento individual se atinge quando se deseja realmente a conquista do objetivo. Quando você sonha com a meta proposta, quando você realmente a deseja. Não é preciso fazer muita força para lembrar quanto o sonho e o desejo ardente de conquistar a primeira namorada(o) fizeram você suplantar imensos obstáculos. Pelo amor se fazem coisas nunca imaginadas.

                 Realmente é cada vez mais importante, e só assim se atingirá a qualidade, tanto a nível de vida individual como em qualquer agrupamento social, que se esteja lutando por um sonho, que você busque continuamente atingir os seus sonhos. Quando se luta por um sonho a vida torna-se uma festa, o sorriso permanece nos lábios, o suor do cansaço não pesa, tudo é motivo de orgulho. Além do que, quando você vai a caminho do seu sonho o Universo conspira a seu favor. Goethe dizia que “No momento em que nos compromissamos, a providência divina também se põe em movimento”. Napoleon Hill estabeleceu este conceito a nível de grupo através da sua “Lei do Master Mind” dizendo que um espírito de inteligência e de ajuda, superior à soma dos esforços individuais, o “Master Mind” ou Mente Superior, se desenvolve por meio da cooperação harmoniosa entre duas ou mais pessoas que se aliam com o objetivo de realizar uma determinada missão. A chamada Sinergia se estabelece.

                Através da História os exemplos comprovam que o sucesso das Civilizações, dos Países, e das Organizações se atingiu quando o sonho individual se tornou um sonho comum ou o sonho individual fazia parte do sonho coletivo. O segredo dos grandes líderes foi tornar o seu sonho o sonho dos liderados. As grandes empresas surgiram do sonho ardente de um empreendedor/líder que aglutinou à volta do seu sonho outros que o seguiram, outros que se compromissaram em também atingi-lo. Este é o desafio da Administração ou de qualquer um que ocupe função de liderança, fazer com que o sonho da organização se torne também o sonho do indivíduo ou que o indivíduo realize o seu sonho com a realização do sonho da organização. Em suma, que o indivíduo também se comprometa com o objetivo da organização.Quando falamos aqui em organização estamos falando em empresa, mas poderiamos estar falando de qualquer outro tipo de organização ou grupo social, seja ele um simples time de futebol de bairro ou seja até a família.

                O poeta Fernado Pessoa disse um dia que “Navegar é preciso”. Nada é mais atual, pois para navegarmos temos que ter um objetivo/porto a atingir. Para atingi-lo teremos que ter: uma rota a seguir, determinação e a tripulação estar comprometida em atingir o porto também. Portanto o sucesso será daqueles que conseguirem fazer do seu sonho o sonho dos outros. O grande desafio está lançado: “Sonhar também é preciso”.

                                                                               SUCE$$O!

Escrito em 1.994, será que é atual ainda?

Anúncios
Esse post foi publicado em carreira, Empreendedorismo, Gestão e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s